sexta-feira, 29 de abril de 2011

Sopa de Funcho

Olá! 

Podem estar, desde já, a estranhar o ingrediente principal desta sopa, o funcho

Esta erva " é frequentemente utilizada em pequenas quantidades na cozinha mediterrânica como planta aromatizante, particularmente os das variedades menos ricas em óleos essenciais, serem consumidos em fresco como parte de saladas.




Pode também ser incorporada em sopas, em particular sopas destinadas a serem consumidas frias. Um dos pratos típicos dos Açores é uma sopa de feijão e inhame com folhas e caules tenros de funcho.
É frequente o seu uso como aromatizante em molhos, conservas de vegetais, curtumes e outros preparados semelhantes. Usada em baixas concentrações dá um aroma e sabor discretos, semelhante ao mentolado, mas bastante mais suave e doce.
As sementes secas são utilizadas em chás e tisanas e como aromatizante em licores e bebidas alcoólicas destiladas.
Na Índia e China as sementes moídas são utilizadas para a produção de condimentos e especiarias, recebendo a designação de saunfou moti saunf.
As suas raízes são consideradas como tendo propriedades diuréticas, sendo por esta razão comercializadas pelas ervanárias. O chá de semente de funcho é utilizado para reduzir os gases intestinais, incluindo na primeira infância e em crianças lactentes.
Em perfumaria os óleos essenciais do funcho são utilizados para perfumar pastas dentífricas, champôs e sabonetes."
Wikipédia, a enciclopédia livre

Sempre conheci esta sopa cá em casa. 


Desde a minha infância que a minha avó materna - natural da ilha do Pico - fazia esta sopa.

Lembro-me de os meus irmãos não gostarem da sopa, porque não morriam de amores pelo paladar do funcho e de ser um chinfrim lá em casa durante a refeição para a comerem até ao fim. (nesse dia, a colher de pau tinha, por vezes, dupla função)

Na verdade, só quem aprecia ervas aromáticas e gosta de sabores diferentes é que, por norma, gosta do caldo de funcho. 

Eu faço parte, sem dúvida, dessa categoria de apreciadores. Por isso trago-vos duas versões da sopa: a típica ou tradicional e a minha, mais light.


Ingredientes para a base

Versão tradicional                               A minha versão
1 molho de funcho                               1 molho de funcho   
1 cebola                                                    1 cebola
4 dentes de alho                                   4 dentes de alho
4 batatas                                                  1 courgette
                                                                     1 couve-flor                 
azeite                                                         azeite
sal                                                               sal
água                                                           água


Ingredientes para colocar na sopa depois de transformada em puré 



Versão tradicional: o funcho picado muito miudinho; o toucinho fumado ou bacon picadinho;1 inhame cozido picado aos cubinhos e 1 lata feijão branco
A minha versão: o funcho picado muito miudinho;1 batata picada aos cubinhos e 1 lata feijão branco

Espero que tenham gostado!
Patrícia

5 comentários:

Receitas ao Desafio disse...

Adoro ir ao quintal e arranvar um raminho de funcho para o saborear ao natural. Na sopa deve ficar espectacular. Já sabia que fazias bem essa sopa, mas não conhecia a receita. Obrigada por a colocares à disposição do pessoal. Bjs, PMT.

Picarota disse...

Que engraçado, a minha família faz de maneira diferente. Na minha casa, depois da sopa feita, junta-se "chouriço de peles" e favas. Não conhecia a versão com o toucinho e o feijão. Mas é bom ver que, com mais ou menos variações, se continua a manter a tradição.

Catarina - ReceitaseSaboresdoMundo disse...

Gostei bastante da tua versão... Adoro sopas tanto frias como quentes. A tua esta com um aspecto delicioso, gostei da sugestao : ) A que faço e' mais parecida com a outra, só que ponho nabo em vez de batata.

Beijinhos

Ilídia disse...

Em criança, era daquelas que também comiam a sopa a toque de colher de pau. Agora, gosto destes sabores que me recordam a infância. Prefiro a tua versão à tradicional, pois, afinal, temos que poupar calorias nas sopas para depois nos vingarmos nos doces. Bjs e bom fim de semana.

Gisela disse...

Nunca comi sopa de funcho, mas que fica com óptimo aspecto ninguém pode negar
Bom fim de semana