sábado, 30 de abril de 2011

Alheira Transmontana na Actifry



É verdade que temos de ter cuidados com a alimentação, seleccionar alimentos saudáveis, pouco calóricos, privilegiar os legumes e as frutas…. Mas quando se recebe uma encomenda pelo correio cheia de petiscos da aldeia de Gimonde em Bragança e sentimos o cheirinho do fumeiro que emana da caixa mesmo antes de a abrirmos, decidimos, empiricamente, que, de uma vez por outra, podemos abrir excepção. Assim foi.

É importante dizer que o mérito da alheira é todo da minha sogra.

Trago-vos aqui a sugestão deste prato, porque podemos comprar alheiras em qualquer supermercado – não com a qualidade desta, é certo -  e porque ou com a ajuda da Actifry ou de uma frigideira qualquer, temos uma solução rápida, para um dia sem planeamento culinário.

Acompanhei com este arroz, que já publiquei. Mas na terra da minha sogra, a alheira é acompanhada com batata e grelos cozidos. Tudo bem regado com azeite. E agora podia divagar acerca do azeite transmontano, mas mudariam logo de canal, ou melhor, de blog. LOL

Bom apetite!


Patrícia

3 comentários:

3 B's disse...

Como o mundo é pequeno :) Conheço a aldeia e o fumeiro que por lá se vende ehehehe, tem umas casas de pedra lindas lindas. E para mim também é com grelos sff. Bom fim-de-semana.

Receitas ao Desafio disse...

Hum!!! Está bem suculenta. Manda cumprimentos meus à tua sogra. Bjs, PMT.

Ilídia disse...

Realmente, em Trás-os-Montes come-se muito bem. Há uns anos, passei um fim-de-semana em Vila Real e adorei visitar as aldeias vizinhas, mas, acima de tudo, adorei a comida! Alheira, farinheira...
Por acaso, a primeira coisa que cozinhei, mal comprei a Actifry, foi alheira e morcela. Ficou mto bom e nada de cheiros na cozinha (o que aconteceria se utilisássemos uma frigideira convencional). Isto tudo para te dizer que esta sugestão me encheu as medidas! Bjs