segunda-feira, 18 de abril de 2011

O melhor camarão frito do mundo: o da minha mãe


Nos nossos jantares de família, a entrada de eleição é o camarão frito, feito pela minha mãe. É tão bom que acabamos sempre por comer mais do que a conta e quase já não há "espaço" para a refeição propriamente dita. Aviso-vos, no entanto, que já o confecionei, mas nunca fica igual ao dela. Sigo a receita à risca, mas falta-lhe aquele pequeno "je ne sais quoi" que só o que ela faz consegue ter. A última vez que comemos foi no jantar de aniversário do meu irmão. Estava diviiiiiiiino...

Ingredientes:
Camarão, com um tamanho generoso (a quantidade depende do número de comensais)
pasta de alho (proibido usar de compra) q.b.
massa malagueta q.b.
azeite para fritar q.b.

Preparação:
Com uma faca afiada, faz-se um corte no lombo dos camarões, no sentido longitudinal. 
Tritura-se bastante alho, ao qual se mistura massa malagueta, de modo a fazer uma pasta. Introduz-se um bocadinho desta pasta no lombo de cada camarão (uma colher de café bem cheia) e leva-se a fritar em bastante azeite. Quando estiverem rosados, retiram-se e acompanham-se com tostas, molho cocktail e um vinho branco fresquinho. É uma delícia!

Hoje, no Acre e Doce, a opção é bem mais light...

Ilídia

5 comentários:

Nelinha disse...

Pois eu acho que a tua mãe é uma cozinheira de mão cheia... Já se comia tão belo camarãozinho!!!!

Beijoquinhas

Receitas ao Desafio disse...

Um camarão verdadeiramente iluminado por mãos de fada!Bjs Patrícia

são33 disse...

ESSE CAMARÃO DEIXOU-ME COM ÁGUA NA BOCA...UMA DELICIA MESMO.
BJS

Receitas ao Desafio disse...

Adoro camarões e com um belo copo de vinho... hummmm... nem quero pensar. As mãe têm sempre uma magia nas mãos, não é? Bjs, PMT.

Receitas ao Desafio disse...

Fiz esta receita de camarões para entrada no domingo de Páscoa e toda a gente adorou. Eles eram muitos mas desapareceram tão rápido!
Adicionei um pouco de sal porque utilizei apenas duas colheres de chá de massa malagueta. Absolutamente divinos!
Dá novamente os parabéns à tua mãe por ter partilhado a sua receita connosco.
Patrícia