quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Arroz de favas

Arroz de favas?!?... algo desconhecido para o meu marido quando nos conhecemos. A mãe dele nunca fazia arroz de favas, nem de carne. Aliás, a família dele preferia (e prefere) batata a arroz. E ele também era assim. Talvez porque sempre foram autossuficientes na produção do tubérculo.
Já eu, vinha de uma família tipicamente "arrozeira" (ai as saudades que eu tenho de comer um suculento arroz de míscaros, feito pela minha mãe). E, claro está, com a pouca experiência que tinha no início do nosso casamento, a minha comida não "era lá muito apreciada"... daí que não gostasse nada de cozinhar :s
Só anos mais tarde é que desenvolvi o gosto pela cozinha e, ainda assim, sou sempre muito prática. Gosto de fazer coisas boas, mas simples. Gosto de cozinhar para os outros, de os ver comer com satisfação.
E foi precisamente isso que aconteceu na passada 3ª feira ao jantar. Todos sem exceção - marido, filho e eu, claro - comeram com prazer.
 
 
 
Ingredientes
1 cebola picada
5 dentes de alho esmagados
azeite q.b.
carne de vaca limpa q.b.
linguiça ou chouriço de carne q.b.
1 c. chá de colorau
3,5 canecas de água a ferver
500 gr de favas (usei congeladas)
1,5 canecas de arroz agulha
sal q.b.
 
 
 
Preparação
Refoga-se o alho e a cebola no azeite um bocadinho, até alourar. Junta-se a carne partida em cubos pequenos e a linguiça/chouriço de carne. Envolve-se tudo muito bem, tempera-se com o colorau, mexe-se novamente e deixa-se cozinhar (de início com o lume no máximo e a panela destapada, depois com ele no mínimo e a panela tapada, para que a carne liberte os sucos e apure bem). De vez em quando, convém vigiar: destapar a panela, mexer e tapar de novo.
Quando o molho já tiver desaparecido quase por completo, adiciona-se a água a ferver, as favas e, se forem congeladas, quando levantar fervura novamente, o arroz. Tempera-se com sal a gosto e, quando o arroz estiver cozido serve-se.
Acompanhei com esparregado de nabiças.
 
Foi um daqueles jantares reconfortantes ;)
 
 
 
Beijinhos e um bom final de semana ;)
 
Maria 

8 comentários:

foodwithameaning disse...

Gosto imenso de favas. As minhas favoritas são as escoadas à moda dos Açores, mas guisadas com ovos escalfados também passam pela minha cozinha. Também gosto delas fritas com sal, a jeito de aperitivo. Passei a gostar de arroz de favas. A ver se experimento esta tua sugestão tão reconfortante.

Cindy disse...

Maria,adoro favas,e com esse arroz ainda melhor,fiquei a salivar!
beijinho

Luisa Alexandra disse...

Ficou uma refeição bem típica, gostei imenso da mistura de ingredientes!

Ysandra Pena disse...

Uma cara deliciosa ta esse pratinho

Dar uma olhadinha no meu blog...ele so tem um mes de vida....rssrsrsrsrsr

http://virandocomida.blogspot.com

Beijos

Babette disse...

O poder de um arroz;) Sim, é comida de conforto...
Babette

Ysandra Pena disse...

Obrigada por comentar no meu blog. Estou seguindo o seu. Amei seu cantinho.

Beijos

Ilídia disse...

Aprendi a gostar de favas há relativamente pouco tempo. Agora gosto muito. Com arroz, nunca comi. Estão com um aspeto belíssimo.
Um beijo,
Ilídia

Rosa Santos disse...

Olá Maria!
Em Lisboa fazia imensa vezes favas, tradição com enchidos e coentros,mas eu gosto de favas de todas as maneiras e este teu arroz convida.
Beijinhos