sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Canja de galinha

O meu menino está meio adoentado, constipadinho :(
E isto é o suficiente para lhe quebrar o apetite...
Como tal, decidi fazer-lhe uma canja de galinha, aquela que ele tanto gosta, com massinhas, galinha desfiada e pedacinhos de ovo cozido.
Costumo ainda colocar, para além dos ingredientes que a seguir especifico, moelas e um pedacinho de fígado para dar gosto. No entanto, desta vez, como não os tinha em casa, não os usei. Fiz assim uma versão mais light, só para o meu tesourinho.



Ingredientes:
1 perna inteira de galinha
1 cebola
água q.b.
sal q.b.
massa pontinha q.b.
1 ovo

Preparação:
Descasquei uma cebola, lavei-a e piquei-a para dentro de uma panelinha. Adicionei água e sal e levei ao lume.
Lavei uma perna inteira de frango e coloquei-a dentro da panela até cozer.
À parte, pus um ovo a cozer em água e sal.
Depois de cozida, retirei a perna de frango da panela e adicionei as massinhas. Desfiei a galinha em pedacinhos e coloquei-os novamente a ferver.
Descasquei o ovo, passei-o duas vezes no corta-ovos (vertical e longitudinalmente) e juntei à canja. Deixei ferver mais uns minutos, até a massa ficar cozida, e servi.
Foi um delírio quando viu a "sopa" na mesa. Nem precisou de ajuda para comer!



Bjs.
Maria

9 comentários:

Cidália disse...

Eu adoro uma boa canjinha.
Beijinhos

Luisa Alexandra ♥ disse...

Ontem foi o meu jantar, soube tão bem!

Duxa disse...

Olá Maria, uma canjinha feita com tanto amor, só poderia estar deliciosa.
Estimo as melhoras do seu menino.
Um beijinho.

A Paixão da Isa disse...

é eu tambem costumo fazer uma sopinha assim quando alguem em casa esta doente deseijo as melhoras para o teu filho beijinhos e bom fim de semana

Ana Jesus - Cozinha com Arte disse...

adoro de vez em quando uma canja, principalmente ao domingo no jantar, quando não apetece fazer nada complicado.

já te estou a seguir, visita o meu blog.
http://ajarquitecta.blogspot.com

foodwithameaning disse...

Como sabe bem uma canjinha quando estamos adoentadinhos. Então se é feita pela mãe é uma verdadeira preciosidade.
Beijinhos
Patrícia

Receitas ao Desafio disse...

Obrigada a todas pelos vossos comentários.
Uma canja nunca tem nada de especial, mas tem sempre um enorme poder reconfortante! Remete-nos sempre para lembranças~, da nossa infância, da nossa casa, da nossa mãe...
Achei que a deveria publicar, uma vez que sendo natural do distrito de Coimbra e vivendo na Terceira há já 11 anos, uma canjinha destas, com massinhas, transporta-me até casa dos pais.
Para quem não sabe, aqui na Terceira a canja é totalmente diferente, não só em termos sabor como também por ser de arroz e não de massa.
Beijinhos.
Maria

Gisela disse...

Maria, espero que o filhote já tenha recuperado. Essa canjinha ajudou com certeza.
Um beijinho

Nárwen disse...

Quando me sinto meio adoentada é o que mais me apetece comer...e como me sabe bem...
A tua ficou com um aspeto 5 estrelas.

Beijinhos