sábado, 10 de setembro de 2011

Lombo com Chutney de Amoras Silvestres


Toca o telefone. Lá vou eu apressada a pensar quem é que me está a interromper o tempo precioso que destino ao blog.

- Sou eu, a Ilídia. Ligo-te para te dizer que estamos em sintonia.

No momento fiquei sem perceber de que falava. Mas rapidamente percebi que enquanto eu editava esta receita, a criadora do receitasaodesafio já tinha visto a foto da receita e delirava com o chutney de amoras silvestres, ela que também tinha acabado de fazer um chutney, mas de figo. Uma verdadeira sintonia culinária!

Depois seguiram-se muitos minutos de conversa telefónica, que poderiam ser horas, sobre os mais diversos assuntos porque a Ilídia é assim: o entusiasmo em pessoa.

Na verdade, há algum tempo que ando a querer experimentar confecionar "chutney". Sei que existe pronto a consumir no mercado, de manga, mas resolvi aventurar-me pela gastronomia indiana, de onde o chutney é originário, e criei o meu chutney de amoras silvestres.

É tempo de amoras. Seja esta receita um hino a elas. Um momento no tempo para degustá-las numa versão agridoce.

Ingredientes para o Lombo

1 lombo de porco
azeite
alecrim
sal
2 colheres de sopa de molho de soja
2 colheres de sopa de molho inglês
alho em pó
1 copo de vinho branco
mistura de cinco pimentas
1 lima

Meia hora antes temperei o lombo com sal e envolvi em alecrim. Reservei.
Coloquei numa frigideira azeite e levei o lombo a selar a carne deixando-o ligeiramente tostado de todos os lados. Tive o cuidado de nunca o furar para não sairem os sucos.
Depois de selado coloquei-o num tabuleiro onde já tinha misturado o molho de soja, o molho inglês, o sumo da lima, alho em pó a gosto, as mistura de cinco pimentas e o copo de vinho.
Deixei arrefecer e guardei no frigorífico de um dia para o outro, mas é facultativo fazê-lo.
No dia seguinte, aqueci o forno a gás e coloquei o lombo a assar, virando-o e regando-o algumas vezes.
Preparei o acompanhamento.

Ingredientes e modo de preparação das batatas assadas.

Descasquei batatas de tamanho médio e cortei-as aos gomos.
Dispu-las num tabuleiro. Temperei-as com sal, ervas aromáticas para saladas alho em pó e alecrim ( por esta altura já devem ter percebido que adoro alecrim).
Reguei-as com azeite a gosto e cobri-as com um copo de água ao qual adicionei uma colher de sopa de polpa de tomate. Misturei tudo e levei-as ao forno eléctrico. Esta é a vantagem de se ter dois fornos em casa. Há situações em que são bem necessários e esta foi uma delas.

Ingredientes e modo de preparação do chutney de amoras silvestres

Coloquei numa caçarola, em lume brando,  4 colheres de açúcar e 1 colher de vinagre deixando formar uma calda. Quando a calda começou a ferver adicionei   8 colheres de sopa de amoras silvestres, 1 colher de sopa de manteiga, 2 cravinhos e 1 colher de café de gengibre em pó.
Mexi tudo até a fruta ficar macia e o chutney ficar com consistência de doce.
Verti o chutney por cima do lombo já fatiado e empratado.


Esta refeição foi sem dúvida um deleite para o paladar.

Um bom fim de semana!
Patrícia

14 comentários:

La cocina de mi abuelo disse...

que bom, que saboroso, gosto moito dun cachiño

Ilídia disse...

Um deleite para o paladar e para os olhos. Que aspeto, meu Deus! Esse lombo está irresistível! Beijo

Susana disse...

Patrícia, também adoro o aroma do alecrim e isso tenho mostrado no meu blog, adoro.
O teu lombo está mesmo com aspeto delicioso fiquei mesmo com vontade de provar. Também já fui às amoras este ano,lol, e já fiz doce que publicarei depois, mas chutney era uma coisa que não me passava pela cabeça fazer. Fiquei intrigada.
Muitos parabens e acredito que tenha sido um jantar super delicioso.

Beijinhos

Elvira disse...

Ui que maravilha! Esse lombo de porco deve ser de comer e chorar por mais! :)

Nárwen disse...

Fiquei encantada com esta receita. Deve ser digna de deuses, divinal... Tenho de experimentar.
As fotos ficaram lindas.

Beijinhos

Ginja disse...

Este lombo deve ser de comer e chorar por mais. Ando há que tempos para tentar experimentar um chutney. Este de amoras parece tão bom! Este ano fui tentar ir às maoras mas não encontrei nada na minha zona, que desgosto. Fico contemplando o teu prato.
Um beijinho.

Luísa Alexandra disse...

A tua travessa tem um aspecto mesmo muito bom, adorei tudo!

Cindy disse...

Este lombo ficou irresistivel,mesmo uma tentacao,a travessa ficou linda!

beijinho

BValério disse...

Achei engraçada esta sintonia :) E a fotografia ficou perfeita, a receita ate deixa água na boca ^^

familia antunes disse...

Mais uma sugestão irresistível...
Ficou perfeita...
Anotadíssimo...
Obrigado por partilhares...
Beijinhos e bom Domingo... ;)

são33 disse...

SIMPLESMENTE FÁNTASTICO...
BJS

azoresgal disse...

Ai que fome !!! Que fotos lindas, claro de um prato que deve ser divinal.....este ano aindo não andei a busca de amoras....por vezes já comprei no mercado na banca do sr. Luis, quem sabe esta semana, não faço tambem este teu chutney !!! Jinhos Diana

Gisela disse...

O que eu gosto de amoras. Fui apanhar algumas mas só deu para um crumble, se ainda houvesse fazia este lombo já amanhã. Deve ser uma maravilha. Mas vai ter que ficar para o ano
Um beijinho

Isabel disse...

O meu almoço de hoje! Uma verdadeira maravilha! Obrigada pela receita! Beijinhos.