terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Pão Caseiro de trigo

Esta é a receita de pão caseiro da minha mãe.
Este Natal, como fiquei pelos Açores, decidi arregaçar mangas e fazê-lo para a noite de ontem.
Ao almoço, foi com manteiga a derreter. E ao jantar foi uma fatia morninha.
 


Ingredientes
5 kg de farinha de trigo
2 c. sopa de sal (não muito cheias)
1 panela de água morna (eu uso a maior do meu trem de cozinha Silampos)
Fermento de padeiro q.b. *
 

 
 
Preparação
Num alguidar grande, despeja-se a farinha. Acrescenta-se metade da água e amassa-se muito bem com as mãos. Adiciona-se o sal e o fermento dissolvido em água morna e volta-se a amassar. O resto da água convém acrescentar gradualmente, à medida que se amassa, pois a massa não pode ficar nem muito mole nem muito rija.
Deixa-se levedar durante uma hora e meia, devidamente tapado com um pano de cozinha e um cobertor.
Entretanto, é hora de deitar lume ao forno (tarefa do marido, claro ;) e, findo o tempo de levedura, tendem-se porções de massa numa tigela redonda e coloca-se no forno.
Huummm... com manteiguinha é delicioso ;)
 
* - compro o fermento de padeiro em barra e utilizo mais ou menos 4 dedos de largura.
 
 
Feliz Natal para todos os que nos visitam o ano inteiro!
 
Beijinhos.
Maria

5 comentários:

foodwithameaning disse...

Com manteiga e ainda quentinho, como dizes, é das melhores coisas que existem. Depois de começar a comê-lo é difícil parar. Ficou com um aspeto bem rústico, como eu gosto. A fotografia está excelente!
Ando um pouco esquecida de fazer pãozinho caseiro.Deste-me vontade.
Um abraço e continuação de festas felizes.

Luisa Alexandra disse...

Que maravilha de pão, tem um aspecto caseiro fantástico!

Boas Festas :)

São Ribeiro disse...

Até fiquei com vontade de comer uma fatia com manteiga...que delicia.
bjs

pedra de sal disse...

Adoro pao! Estou a babar! Com manteiga, bem quentinho.... Hum....

Ilídia disse...

Que delícia! Costumava comer pao caseiro com manteiga milhafre e chá quando era criança, com a minha avó. Que saudades desses tempos. O teu pão ficou lindo, com um aspeto muito "caseiro".
Beijos